Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência.



Foto por: Divulgação/Câmara
Vereador Paulo Pauléra

Projeto manda para o fim da fila quem tentar "escolher" marca de vacina

Por: Da Redação
20/07/2021 às 10:56
Bastidores

Proposta foi apresentada pelo vereador Paulo Pauléra na Câmara de Rio Preto. Quem recusar a imunização na esperança de escolher outra marca vai se dar mal


Vacina não se escolhe
Projeto de lei apresentado pelo vereador Paulo Pauléra na Câmara de Rio Preto, prevê que no município a pessoa que chegar ao posto de vacinação e recusar a vacina contra a Covid em razão da "marca", deverá ir para o fim da fila. Só poderá ser vacinado após o cumprimento de todo o cronograma previsto. Ou seja, depois que todas as pessoas acima de 18 anos tomarem a vacina. existem as exceções, para alegação de comorbidades ou situações específicas, desde que não seja simplesmente a recusa, que deve ser registrada em documento próprio.

Sem câmeras
O prefeito Edinho Araújo (MDB) entrou com ação direta de inconstitucionalidade contra lei promulgada pela Câmara que prevê a "instalação de câmeras de monitoramento em todos os prédios públicos do município", inclusive espaços abertos, como praças, pistas de caminhada e equipamentos poliesportivos. Segundo a Adin proposta pelo município, a lei, do vereador Celso Peixão (MDB), além de interferir na separação dos poderes, não indica a fonte de recursos para cumprimento da norma.

Gazeteiro
A Prefeitura de Rio Preto, por meio da Procuradoria Geral do Município, entrou com ação civil de improbidade administrativa contra ex-servidor que ocupava emprego público de agente comunitário de saúde. Segundo a ação, sindicância constatou que o ex-servidor, no exercício de suas funções como agente de saúde, preenchia falsamente relatórios de visitas a residências, mas por vezes foi flagrado em sua residência, deixando de cumprir suas obrigações.

Fundão
O presidente Jair Bolsonaro garantiu que deverá vetar o aumento no fundo eleitoral de R$ 5,7 bilhões aprovado, na quinta-feira (15), pelo Congresso na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2022. Geninho Zuliani (DEM0, Fausto Pinato (PP) e Luiz Carlos Motta (PL), os representantes de Rio Preto e região, votaram a favor da farra do fundão. Veja AQUI como votaram os parlamentares.







Anunciar no Portal DLNews

Seu contato é muito importante para nós! Assim que recebemos seus dados cadastrais entraremos em contato o mais rápido possível!