Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência.



Foto por: Divulgação
Jorge Fares, diretor da Funfarme, mantenedora do Hospital de Base

Em 14 dias, número de internados com Covid no HB é igual ao mês de maio inteiro

Por: Maria Elena Covre, Fabrício Carareto e Heitor Mazzoco
15/06/2020 às 20:02
Bastidores

Até agora, pacientes de 38 cidades, incluindo das capitais São Paulo e Rio de Janeiro, já passaram pela instituição


14 dias
Amostra significativa do avanço do novo coronavírus na região, o Hospital de Base (HB) de Rio Preto internou nos primeiros 14 dias de junho 68 pacientes, que é exatamente o mesmo número de doentes hospitalizados pela instituição nos 31 dias do mês de maio. 

Balanço
Desde março, quando começaram os casos graves de infectados da Covid-19 na região, o total de internações soma 162 pacientes, dos quais 76 tiveram alta, 52 seguem hospitalizados e 34 não resistiram à doença e morreram. 

Daqui... 
Os doentes que passaram pela instituição são originários de 38 cidades, a maioria da região, mas o HB acabou virando destino de muita gente de longe que se descobriu doente quando estava por aqui ou que contraiu a Covid-19 durante visita a familiares e amigos. 

… e de longe
A lista inclui infectados de São Bernardo do Campos (3 pacientes), São Paulo Capital (3 pacientes), a cidade do Rio de Janeiro (1) e Jacudundá, no Pará, (1 paciente). 

Ranking
Na região, o ranking dos seis municípios que mais mandaram pacientes para o HB é formado, pela ordem, por Rio Preto (48), Guapiaçu (15), Mirassol (12), Gastão Vidigal (9), José Bonifácio (9) e Jaci (6). 

Tropa de choque 
Os respiradores para pacientes com Covid-19 se tornaram equipamentos tão preciosos que uma equipe do Batalhão de Choque da Polícia Militar de São Paulo escoltou da Capital até o Hospital de Base, em Rio Preto, 10 aparelhos nesta segunda-feira (15). 

Até fuzil 
"Eu nunca imaginei que receberia respiradores de cinco homens armados com fuzil, isso é reflexo dessa pandemia”, afirmou a diretora-administrativa do Hospital de Base, a médica Amália Tieco.

Padre Albino 
No total, o governo estadual enviou 140 respiradores para várias cidades do Interior. Na região, além do HB, o Hospital Padre Albino, de Catanduva, recebeu cinco aparelhos. 

Vai recorrer
A Acirp (Associação Comercial e Empresarial de Rio Preto) afirmou que vai recorrer em instância superior da decisão do juiz da 1ª Vara da Fazenda de Rio Preto, Adilson Araki Ribeiro, que negou pedido de liminar da entidade para abertura de academias de ginástica em Rio Preto.

Araki negou
Araki indeferiu o pedido da Acirp, decisão  diferente da que ele mesmo havia dado a ação semelhante na semana passada, que permitiu a reabertura de 166 salões de beleza e barbearias filiados à entidade. No caso das academias, o pedido é restrito a filiados à Acirp também.

Fora da faixa  
As academias - assim como salões, barbearias, bares e restaurantes - são setores impedidos de atuar nas regiões que se encontram na Fase 2 (laranja) de flexibilização do governo estadual, na qual Rio Preto se enquadra. Nesta faixa, são permitidos comércio de rua, shoppings centers, concessionárias e escritórios de prestação de serviços.

Dois...
A Prefeitura de Rio Preto lavou a alma nesta segunda-feira (15) no Tribunal de Justiça. Conseguiu derrubar, ainda que em caráter liminar, duas leis de autoria da Câmara.

... em um
Uma delas obrigava o município a manter o pagamento do auxílio-atleta durante a pandemia. Já a outra reduzia em até 2 horas a jornada de trabalho de servidores que possuem familiares com necessidades especiais.

Vício
Nos dois casos, a Prefeitura argumentou – e o TJ acatou – que havia vício de iniciativa, ou seja, as leis deveriam ter sido propostas pelo Executivo e não pelo Legislativo. O Tribunal de Justiça suspendeu as regras temporariamente, mas ainda pode mudar o entendimento na análise do mérito.

Efeito Sara 1
A prisão pela Polícia Federal nesta segunda, 15, de Sara Fernanda Giromini, "rebatizada” como Sara Winter, conseguiu uma rara unanimidade entre os bolsonaristas rio-pretenses, cujos diferentes grupos e movimentos vivem em pé-de-guerra entre eles mesmos.  

Efeito Sara 2
"Independentemente do afeto ou não pela pessoa da Sara, a união e o repúdio por essa prisão ilegal é unânime”, afirma Janaína Targas Albuquerque, bolsonarista de primeira hora e presidente do MOP (Movimento Ordem e Progresso), ligado a militares. 

Armada e perigosa?
Sara chefia o chamado Movimento 300 do Brasil, grupo armado de extrema direita formado por apoiadores de Jair Bolsonaro, que acampava em Brasília. O mandado foi autorizado pelo ministro Alexandre de Moraes, do STF. A prisão é temporária, válida por cinco dias. Ela é uma das investigadas no inquérito das fake news, mas a prisão saiu de outro inquérito, o que apura atos antidemocráticos. 

Somos todos Sara
Uma convocação de apoio incondicional a Sara correu entre os bolsonaristas de Rio Preto por meio de grupos de Whatsapp, unificando o discurso. "Não importa o que você pensa da Sara Winter. Se a direita não se levantar em defesa dela, esqueçam qualquer chance de retomarmos nossa liberdade! Escutem o que digo: hoje Sara é um símbolo e precisamos defendê-la, por ela e por nós”, escreveu Fernanda Salles, repórter do Terça Livre, veículo que se tornou uma espécie de porta-voz do bolsonarismo. 

Menos ricos 
MDB e PSDB são duas das siglas que mais perderam dinheiro do fundo eleitoral neste ano em comparação a 2018, embora não possam reclamar da bolada em recursos públicos quem vão pegar para irrigar as candidaturas a prefeitos e vereadores: os emedebistas vão levar R$ 157.867.266,21 (contra 234.232.915,58 nas eleições estadual e nacional de 2018) e os tucanos ficarão com R$ 126.028.246,07 (ante 185.868,511,17). 

Novo rico
Os valores oficiais que vão caber a cada sigla, do montante de R$ 2 bilhões, foram divulgados na última semana pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A repartição é feita de acordo com o número de deputados federais de cada bancada. Nessa lógica, os dois partidos com mais recursos são PT, que vai levar R$ 200.925.914,05 ( R$ 12 milhões menos que 2018) e PSL, que foi catapultado à condição de novo rico, e vai levar R$ 193.680.822, 47.  Confira a lista completa:
PT: R$ 200.925.914,05
PSL: R$ 193.680.822,47
PSD: R$ 157.180.452,52
MDB: R$ 154.867.266,21 - 
PP: R$ 140.245.548,54
PSDB: R$ 126.028.246,07
PL: R$ 123.291.771,52
DEM: R$ 114.582.014,53
PSB: R$ 109.473.374,53
Republicanos: R$ 104.420.877,14
PDT: R$ 99.268.623,40
Podemos: R$ 88.650.237,68
PROS: R$ 44.662.782,92
Solidariedade: R$ 42.226.143,46
PSOL: R$ 40.671.705,00
Cidadania: R$ 39.432.103,26
Novo: R$ 36.593.934,06
PTB: R$ 35.104.450,75
PSC: R$ 33.174.133,61
PCdoB: R$ 30.975.329,95
Avante: R$ 28.147.299,59
Patriotas: R$ 27.486.008,90
PV: R$ 20.513.797,41
Rede: R$ 20.420.046,72
PMN: R$ 5.872.173,76







Anunciar no Portal DLNews

Seu contato é muito importante para nós! Assim que recebemos seus dados cadastrais entraremos em contato o mais rápido possível!