Foto por: Divulgação /Prefeitura de Rio Preto
Prefeito Edinho e assessores durante apresentação do plano ao Estado

Plano de flexibilização apresentado por Edinho prevê reabertura de shoppings e restaurantes

Por: Da Redação
22/05/2020 às 20:29
Bastidores

Expectativa é que cidade chegue até dia 1º de junho ao que foi classificado como nível 2 pelo comitê gestor da crise, o que permitiria a retomada destes setores com 30% da capacidade de público

Shoppings e restaurantes 
O texto final do plano de flexibilização para as atividades econômicas a partir do dia 1º de junho,  que o prefeito Edinho Araújo (MDB) entregou ao governo do Estado nesta sexta-feira, dia 22, traz um alento para dois setores que se viam sem perspectiva de retomada até agora: os shoppings centers e o o segmento de bares e restaurantes. Mas, inicialmente, com público limitado a 30%. 

Questão de nível 1
O comitê de enfrentamento da crise do coronavírus criou 5 níveis de acompanhamento de casos em Rio Preto, que vai do mais radical, o fecha tudo (nível 5), à reabertura geral (nível 1). Cada nível leva em conta sete fatores, entre os quais números de doentes, curva de contaminação, garantia de equipamentos de segurança aos profissionais da saúde, disponibilidade de leitos e UTIs, entre outros. 

Questão de nível 2
Por essa tabela de fatores, Rio Preto se encontra no nível 3, que autoriza o funcionamento de serviços essenciais de acordo com a quarentena decretada pelo Estado. Mas, se a cidade chegar no nível 2, segundo o plano do prefeito, será permitida a reabertura de alguns setores da economia, o que inclui também shoppings, academias de ginástica, bares e restaurantes. Além de salões de cabeleireiros e manicures, entre outros. 

Ansiosos 
Ansiosos, donos de bares e restaurantes de Rio Preto vinham procurado de forma individual interlocutores da administração municipal – e em alguns casos, o próprio prefeito Edinho Araújo diretamente – justamente porque não aparecia no plano até esta sexta-feira, dia 22, nenhuma perspectiva para a retomada do setor. O sistema delivery adotados por alguns proprietários estaria até ajudando a minimizar o drama, mas está longe de pagar as contas e garantir o negócio se a paradeira se estender por muito tempo. 

Sem luz 
O DLNewns conversou com donos de dois restaurantes instalados na Redentora que preferiram não se identificar. Eles dizem que sabem que este é um dos setores mais complicados, mas que estavam totalmente "no escuro”, sem uma conversa formal com o poder público. 

Com 30%
Pelo plano apresentado por Edinho, a abertura terá, no nível 2, algum regramento ainda. Os shoppings, por exemplo, e também os restaurantes terão de limitar o atendimento a apenas 30% da capacidade total de cada estabelecimentos. Aldenis Borin, secretário de Saúde, deu a senha nesta sexta-feira, dizendo que se a população "colaborar” neste feriado prolongado e nos últimos dias de maio, a cidade conseguirá atingir o nivel 2 no começo de junho.  






Anunciar no Portal DLNews

Seu contato é muito importante para nós! Assim que recebemos seus dados cadastrais entraremos em contato o mais rápido possível!