Atlético-MG paralisa ações no mercado da bola por causa do coronavírus

Por: FOLHAPRESS - THIAGO FERNANDES
24/03/2020 às 18:30
Esportes

BELO HORIZONTE, MG (UOL/FOLHAPRESS) - A diretoria do Atlético-MG reduziu os trabalhos no mercado da bola 2020. Mesmo depois da contratação de Alexandre Mattos par...

BELO HORIZONTE, MG (UOL/FOLHAPRESS) - A diretoria do Atlético-MG reduziu os trabalhos no mercado da bola 2020. Mesmo depois da contratação de Alexandre Mattos para o cargo de diretor de futebol, o clube preferiu esfriar as tratativas na busca por reforços pedidos por Jorge Sampaoli. A pandemia do coronavírus e a necessidade de permanecer isolado do restante da população é o que faz a cúpula evitar reuniões e encontros recentemente.
Logo que chegou e assinou contrato, o técnico fez solicitações de reforços. A intenção do argentino é contratar até cinco nomes para a equipe. Ele quer um goleiro, um zagueiro, um meio-campista e dois atacantes.
Perguntado sobre o tema, o presidente do clube, Sérgio Sette Câmara, se manifestou e disse que a diretoria segue à procura de reforços no mercado da bola.
"Demos uma paralisada na questão de contratações, mas o Atlético vai ao mercado no momento certo para buscar as peças pedidas pelo Jorge Sampaoli. Contrataríamos um jogador para ficar recebendo apenas por dois, três meses. O Alexandre Mattos está trabalhando para trazer reforços para a gente. Só não vai ser agora", disse o mandatário.
"Quando a gente trouxe o Sampaoli para cá, foi com a intenção de brigar pelo título brasileiro. A vinda do Alexandre Mattos também foi para isso. A despeito das contratações que fizemos, não foram poucas, fizemos sacrifícios para buscar Rafael, Tardelli, Allan, Arana... O Borrero veio em uma situação de oportunidade. Virão outros, e a intenção do Atlético é se fortalecer para jogar o Brasileiro, como fez o Santos no ano passado, enquanto os outros clubes estariam disputando dois, três campeonatos ao mesmo tempo", acrescentou.
"A gente sabe que isso atrapalha. No ano passado, perdemos pontos preciosos no Brasileiro por usar o time alternativo. Eu sou o presidente do clube, mas faço parte de uma engrenagem. Se o fisiologista diz que um jogador não pode jogar de quarta a domingo, acaba acontecendo o que houve com o Chará [atualmente no Portland Timbers] ", finalizou.

Publicado em Tue, 24 Mar 2020 18:24:00 -0300






Anunciar no Portal DLNews

Seu contato é muito importante para nós! Assim que recebemos seus dados cadastrais entraremos em contato o mais rápido possível!