Foto por: Arquivo Pessoal/ Thiago Passos
Protesto de professores em frente a Câmara Municipal

Sem receber, professores de educação física terceirizados protestam na Câmara

Por: Da Redação
19/05/2020 às 17:56
Política

Motivo é o veto do prefeito ao projeto de lei aprovado pelos vereadores que restabelecia o pagamento do salário aos professores.

Professores de educação física, contratados pela Prefeitura de Rio Preto, protestaram em frente a Câmara Municipal nesta segunda-feira (19). O motivo é o veto do prefeito ao projeto de lei aprovado pelos vereadores que restabelecia o pagamento do salário aos professores terceirizados.


O projeto foi apresentado pelo vereador Zé da Academia (Patriota), para que o pagamento dos salários volte a ser feito durante o período de quarentena. "Como se a culpa fosse dos profissionais e não achou nenhuma alternativa para que a gente ganhe alguma coisa”, afirma o educador físico Paulo César dos Santos.

O projeto foi vetado pela Prefeitura por ter vício de iniciativa. Segundo o texto, além do vereador legislar sobre o orçamento do município e um deficit na arrecadação da cidade. "Há ainda a questão financeira, pois, em razão da pandemia e da crise econômica por ela gerada, de janeiro a abril de 2020, o município amarga um déficit de arrecadação de R$ 35.500.000,00”. diz o texto.

Os educadores físicos ainda entregaram uma proposta para que o Executivo retome as atividades dos professores e, por consequência, o pagamento dos salários. "Gostaríamos de ouvir o prefeito, mas que pelo menos tivesse uma outra alternativa”, afirma Paulo César.






Anunciar no Portal DLNews

Seu contato é muito importante para nós! Assim que recebemos seus dados cadastrais entraremos em contato o mais rápido possível!