Contaminação é o dobro da registrada e respalda quarentena, afirma governo da Áustria

Por: FOLHAPRESS - ANA ESTELA DE SOUSA PINTO
10/04/2020 às 16:30
Brasil e Mundo

BRUXELAS, BÉLGICA (FOLHAPRESS) - O número de contaminados pelo novo coronavírus é mais que o dobro do registrado e isso mostra que medidas radicais de lockdown f...

BRUXELAS, BÉLGICA (FOLHAPRESS) - O número de contaminados pelo novo coronavírus é mais que o dobro do registrado e isso mostra que medidas radicais de lockdown foram a decisão certa a tomar, afirmou nesta sexta (10) o governo da Áustria.
O país conduziu um estudo de prevalência, em que uma amostra aleatória e representativa da população em todo o país foi testada para estimar a contaminação.
Estudos como esse são importantes porque evitam que os resultados sejam distorcidos por decisões sobre quem está sendo testado (só doentes mais graves? principalmente pessoal de saúde?) ou por falha no acompanhamento dos casos no sistema de saúde.
No caso da Áustria, uma amostra de 1.544 em 249 municípios foi testada na semana passada para detectar a infecção pelo coronavírus. Os resultados indicam que há no país ao menos 28.500 pessoas contagiadas, mais que o dobro dos casos relatados ao Ministério da Saúde (13.306).
Segundo o ministro da Ciência, Heinz Fassmann, que apresentou os resultados, o estudo indica que a implantação precoce e rigorosa de um lockdown foi fundamental para conter a multiplicação acelerada dos casos. Pelo novo número, 0,33% da população austríaca tem o vírus.
Considerando um intervalo de confiança de 95%, a prevalência foi calculada entre 0,12% e 0,76% da população. Isso significa que, nos cinco dias em que os testes foram feitos (de 1º a 6 de abril), de 10.200 a 67.400 pessoas estavam infectadas pelo coronavírus, além das 1.056 hospitalizadas no período.
Nesta semana, a Universidade de Bonn, na Alemanha, divulgou um outro estudo feito também com amostra aleatória e representativa, que buscou identificar o número de pessoas imunizadas na região de Heinsberg.
O estudo detectou que a parcela de moradores que desenvolveram anticorpos para o coronavírus era de 15%, o triplo do que se acreditava com base nos casos registrados.

Publicado em Fri, 10 Apr 2020 16:09:00 -0300






Anunciar no Portal DLNews

Seu contato é muito importante para nós! Assim que recebemos seus dados cadastrais entraremos em contato o mais rápido possível!