Suspeito de assassinar menina de 8 anos a facadas é encontrado morto em presídio

Por: FOLHAPRESS -
15/01/2020 às 14:00
Brasil e Mundo

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O suspeito de matar com 13 facadas a menina Emanuelle Pestana de Castro, 8, foi encontrado morto na manhã desta quarta-feira (15) de...

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O suspeito de matar com 13 facadas a menina Emanuelle Pestana de Castro, 8, foi encontrado morto na manhã desta quarta-feira (15) dentro da cela onde estava preso, no Centro de Detenção Provisória de Cerqueira César, no interior paulista. 
Segundo a Secretaria da Administração Penitenciária, o funcionário da unidade fazia a contagem de detentos como é praxe, quando percebeu que Aguinaldo Guilherme Assunção, 49, estava com um lençol enrolado no corpo. 
Ele estaria sozinho na cela devido a grande repercussão do crime do qual era acusado, ainda de acordo com a pasta. Aguinaldo estava menos de 24 horas na penitenciária, para onde foi encaminhado na tarde desta terça (14), após passar por audiência de custódia e ter a prisão preventiva decretada.
Ele confessou ter matado Emanuelle a facadas e indicou à polícia onde estava o corpo. 
A garota estava desaparecida desde sexta (10), quando saiu para brincar no parquinho de uma praça perto de casa, em Chavantes, cidade localizada a 379 km da capital paulista. Seu corpo só foi encontrado na noite de segunda-feira (13) próximo a um canavial em uma área rural.
O desaparecimento mobilizou a cidade de 12 mil habitantes. Grupos de moradores se organizaram para tentar localizar a criança e o caso ganhou repercussão nacional. Uma equipe de voluntários de Marília, na região, também participou das buscas ao lado dos policiais. 
O mistério só foi resolvido após a prisão de Agnaldo.
O suspeito, que era vizinho da família, contou que levou a criança de bicicleta até o matagal entre Chavantes e Canitar, cometeu o crime e enterrou parte do corpo -as pernas ficaram para fora. Ele disse à polícia que decidiu matar a menina após uma briga entre familiares dele e de Emanuelle. Também contou que convenceu a criança a ir até a área rural dizendo que colheriam mangas para presentear a mãe dela. 
Equipes da polícia precisaram usar um trator para ter acesso ao local em que o corpo estava parcialmente enterrado. Por causa da chuva dos últimos dias, carros da polícia atolaram na lama e foram resgatados. 
Durante o período das buscas, imagens de câmeras de segurança foram recolhidas e mostraram a menina a caminho da praça e depois brincando no local. O acusado também aparece em imagens nos arredores da praça.  

Publicado em Wed, 15 Jan 2020 13:32:00 -0300






Anunciar no Portal DLNews

Seu contato é muito importante para nós! Assim que recebemos seus dados cadastrais entraremos em contato o mais rápido possível!