Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência.



Estatística preocupante: nos últimos seis anos, os jovens entre 18 e 24 anos são as maiores vítimas do trânsito em Rio Preto
Foto por: Ilustração
Estatística preocupante: nos últimos seis anos, os jovens entre 18 e 24 anos são as maiores vítimas do trânsito em Rio Preto

Dia 21 de novembro é Mundial em Memória das Vítimas de Trânsito

Por: Redação
20/11/2021 às 16:19
Cidades

Segundo pesquisa do Infosiga, jovens entre 18 e 24 anos lideram óbitos na região de São José do Rio Preto


Criado em 1993 pela  RoadPeace, organização social do Reino Unido, como uma forma de lembrar das vítimas de sinistros no trânsito, o Dia Mundial em Memória das Vítimas de Trânsito teve o apoio inicial da Federação Europeia e de várias outras organizações parceiras que passaram a realizar várias ações de mobilização em todo o mundo. A data é  comemorada no terceiro domingo de novembro.

 

Por iniciativa da ONG Trânsito Amigo, a data foi celebrada no Brasil pela primeira vez em 2007,  com a ideia de convocar as organizações e população a promoverem ações para melhorar a segurança viária no Brasil.

 

Um levantamento exclusivo feito pelo Infosiga, sistema do Governo do Estado gerenciado pelo Detran.SP e pelo Programa Respeito à Vida, para lembrar o Dia Mundial em Memória das Vítimas de Trânsito, traz uma estatística preocupante:  nos últimos seis anos, os jovens entre 18 e 24 anos são as maiores vítimas do trânsito na região de São José do Rio Preto Central, totalizando 14% dos óbitos.

 

Entre janeiro de 2015 e outubro de 2021 foram registradas 279 mortes no trânsito entre os jovens nesta faixa etária na região de São José do Rio Preto. Se ampliarmos os limites de idade para 18 a 34 anos, as fatalidades chegam a 679 casos, ou seja, 34% do total de óbitos.

 

No Estado, entre janeiro de 2015 e outubro de 2021 foram registradas 5.990 mortes no trânsito entre os jovens nesta faixa etária. Se ampliarmos os limites de idade para 18 a 34 anos, as fatalidades chegam a 13.300 casos, ou seja, 36% do total de óbitos em São Paulo, que foi de 36.870.

 

 "O Governo do Estado e o Detran.SP tem feito uma série de ações educativas para conscientizar a população sobre a importância de conscientização no trânsito, especialmente diante dessa estatística de que a maioria dos óbitos são de jovens entre 18 e 24 anos. 

Respeitar as leis de trânsito e exercitar a cidadania é fundamental para mudar essa realidade e salvar vidas", enfatiza Neto Mascellani, diretor- presidente do Detran.SP.



Infosiga - dados São José do Rio Preto

No acumulado entre janeiro e outubro de 2021 foram apontados 177 óbitos em acidentes de trânsito na região contra 202 no mesmo período de 2020, queda de 12%. Já em outubro de 2021 também houve redução de 11% nas fatalidades, de 18  para 16 casos.  




 

Sobre o programa Respeito à Vida

Programa do Governo do Estado de São Paulo, atua como articulador de ações com foco na redução de acidentes de trânsito. Gerido pela Secretaria de Governo por meio do Detran.SP, envolve ainda as secretarias de Comunicação, Educação, Segurança Pública, Saúde, Logística e Transportes, Transportes Metropolitanos, Desenvolvimento Regional, Desenvolvimento Econômico e Direitos da Pessoa com Deficiência.

 

O Respeito à Vida também é responsável pela gestão do Infosiga SP, sistema pioneiro no Brasil, que publica mensalmente estatísticas sobre acidentes com vítimas de trânsito nos 645 municípios do Estado. O programa mobiliza a sociedade civil por meio de parcerias com empresas e associações do setor privado, além de entidades do terceiro setor. Em outra frente, promove convênios com municípios para a realização de intervenções de engenharia e ações de educação e fiscalização.


 








Anunciar no Portal DLNews

Seu contato é muito importante para nós! Assim que recebemos seus dados cadastrais entraremos em contato o mais rápido possível!