Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência.



Logotipo do América
Foto por: Divulgação
Logotipo do América

América marca nova assembleia: entenda a novela em 11 tópicos

Por: Maria Elena Covre e Milton Rodrigues
14/09/2021 às 16:07
Bastidores

Após vencer eleição para mandato que já acabou, conselheiros precisam definir mesa diretora do Conselho Deliberativo, que depois convocará outra eleição


Segue a novela
O América marcou para o próximo dia 24 reunião extraordinária do Conselho Deliberativo para eleger a mesa diretora do órgão, que é composto por 100 conselheiros efetivos e vitalícios, e  por 32 suplentes. Este conselho representa a chapa Sempre América, liderada pelo atual presidente da diretoria, Luiz Donizete Prieto, o Italiano, que na noite de segunda-feira venceu a oposição (chapa Novo América, do grupo do ex-presidente Pedro Batista). A situação obteve o voto de 99 associados, enquanto 52 optaram pela oposição.

Comando do Conselho
De acordo com o estatuto do clube, no dia 24 de setembro serão definidos o presidente do Conselho, o vice-presidente, primeiro-secretário e segundo secretário. Qualquer um dos integrantes do Conselho eleito na última segunda-feira pode se candidatar, desde que esteja em dia em relação a documentação e sem pendências financeiras com o clube, e se inscreva com 48 horas de antecedência. A assembleia começa às 17h30, com pelo menos metade mais 1 da totalidade do conselho, ou às 18h30, com qualquer número.

O juiz mandou
A complementação é uma determinação da Justiça, que obrigou o América a fazer a eleição da última segunda-feira, atendendo ação da oposição, que alegava irregularidade na anterior - quando teria havido restrição à participação de sócios. Depois, ainda houve questionamento da situação sobre a legitimidade de Juliano Teixeira, filho sucedendo o pai, Benedito Teixeira Junior, candidato de oposição que morreu.

Mera formalidade
O Conselho que vai se reunir dia 24 vai apenas cumprir a formalidade de fechar um ciclo, com mandato válido para 2017-2020, portanto, já encerrado - o clube segue com um presidente interino (presidente em exercício) da diretoria, no caso Luiz Prieto, o Italiano, até que todas as pendências judiciais se resolvam.

Senta que tem mais
Por isso mesmo, a novela não terminou. Após a definição da mesa diretora no próximo dia 24, esse mesmo conselho terá de marcar a eleição do próximo conselho, neste caso para o mandato de 2020-2023. E depois fazer a eleição da nova mesa diretora.

Oposição respira
Detalhe importante: depois do dia 24, estando em dia, de acordo com o estatuto, membros da oposição derrotada na última segunda-feira podem montar chapa, participar e tentar o comando do clube no mandato 2020-2023. Outros grupos, inclusive, podem surgir na disputa.

Italiano, a incógnita
O conselho a ser eleito para o mandato 2020-2023 terá de marcar a eleição do presidente e vice-presidente da diretoria, e aí virá um ponto crucial: Luiz Donizete Prietto, presidente em exercício, é candidato único, por enquanto, mas qualquer um do conselho atual pode se candidatar -- e se a oposição vencer, o candidato nem seria Italiano, mas qualquer um da oposição, desde que em dia com o estatuto.

Italiano, o interino
Só então, finalmente, o vencedor, perante a Justiça, estará plenamente regularizado. Não é por acaso que Luiz Prieto, que assina a convocação da assembleia do próximo dia 24, se define no documento como "presidente em exercício do América Futebol Clube". Em exercício.

Covid na área
Italiano se defendeu da acusação da oposição de que ele trancou os portões do Teixeirão na noite de segunda. Diz que apenas controlou a entrada de sócios para não aglomerar, todos de uma vez, lá dentro da sala do Teixeirão onde houve a votação. "Se alguém pegasse Covid aqui iria sobrar pra mim", diz Italiano.

Esperneio
Se a oposição conseguiu 52 votos na eleição do Conselho, é porque 52 opositores entraram para votar. Se mais gente com direito a voto não entrou, aí já seria caso de chamar a polícia. Ou exercer o sagrado direito de espernear.

Time em campo
Farra eleitoreira à parte, nesta quarta é dia de jogo. O América pega a Inter, em Bebedouro, às 15h, pela Série B do Paulista, a quarta divisão. O time de Italiano é a pior equipe da competição, com 1 ponto após cinco derrotas e um mísero empate. Isso, sim, tira voto.

Convocação da assembleia exposta no Teixeirão
Foto por: Reprodução
Convocação da assembleia exposta no Teixeirão






Anunciar no Portal DLNews

Seu contato é muito importante para nós! Assim que recebemos seus dados cadastrais entraremos em contato o mais rápido possível!