Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência.



Foto por: Divulgação/Câmara
Vereador Renato Pupo

Colega apresenta moção de repúdio contra vereador Branco por homofobia

Por: Da Redação
21/07/2021 às 19:41
Política

Desafeto de Anderson Branco, Renato Pupo afirma ainda que "postagem como essa, vinda de um representante do povo, impede o combate a homofobia e transfobia no Brasil, ameaçando a liberdade de pessoas que convivem diariamente com esse tipo de violência"


O vereador Renato Pupo (PSDB) apresentou moção de repúdio contra o colega Anderson Branco (PL), por postagem homofóbica nas redes sociais. Branco postou imagem de uma mão demoníaca, com as cores da bandeira LGBTQI+, tentando agarrar uma família, e sendo segurada por uma mão branca, masculina, como se estivesse "salvando" a família da homossexualidade. A postagem já rendeu denúncias contra Branco ao Conselho de Ética por crime de homofobia e quebra de decoro.

Na moção, Pupo diz que a "postagem gerou indignação de comunidades ligadas aos direitos humanos e aos direitos da diversidade sexual e de gênero, para as quais a imagem sugere um antagonismo entre o bem e o mal, sendo que o mal seria a população LGBTQIA+ tentando atingir a família, representada na imagem pelas figuras de um homem, uma mulher e duas crianças".

Desafeto de Branco, Pupo afirma ainda que "postagem como essa, vinda de um representante do povo, impede o combate a homofobia e transfobia no Brasil, ameaçando a liberdade de pessoas que convivem diariamente com esse tipo de violência" e lembra que, além do mais, o vereador do PL é presidente do Conselho de Direitos Humanos da Câmara, a quem caberia sair em defesa de minorias discriminadas. Para ser aprovada, a moção precisa de nove votos.

Branco e Pupo há anos se desentendem em plenário. Ambos já se denunciaram mutuamente ao Conselho de Ética por ofensas, ameaças e acusações entre eles, e por vezes por pouco não chegaram às vias de fato durante as sessões. O último episódio entre eles, e que está no Conselho de Ética, foi quando Pupo disse que Branco não gostava da Polícia Civil pois teria "um sócio" não corporação.

Entenda o caso AQUI







Anunciar no Portal DLNews

Seu contato é muito importante para nós! Assim que recebemos seus dados cadastrais entraremos em contato o mais rápido possível!