Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência.



Foto por: Divulgação
Primeira etapa da vacinação contra vírus influenza tem baixa adesão de rio-pretenses dos grupos prioritários.

Com baixa procura por vacina contra gripe, Rio Preto tem pouco mais de 22 mil pessoas dos grupos prioritários imunizadas

Por: Melissa Cerozzi
30/04/2021 às 14:56
Saúde

A meta de terminar a primeira fase da campanha com cobertura de 90% em todos os grupos, mas apenas o público de trabalhadores da Saúde teve adesão acima de 50%.


Além da preocupação de vacinar os rio-pretenses contra a Covid-19, a Secretaria Municipal de Saúde também está em alerta com o andamento da campanha de imunização contra a gripe. De acordo com a pasta, a procura pela vacina contra a influenza pelas pessoas dos grupos prioritários está em índices abaixo do esperado para a terceira semana.

Estão no grupo com prioridades para a imunização crianças, trabalhadores da saúde, gestantes e puérperas (mulheres que deram à luz recentemente). 

Com meta de vacinar 90% dos grupos nesta primeira etapa da campanha, que vai até dia 10 de maio, apenas o grupo dos trabalhadores da Saúde ultrapassou a cobertura de 50%, chegando a 61,77%, com 13.311 imunizados. Em segundo lugar estão as gestantes com cobertura vacinal de 1.148 mulheres (26,95%); seguido pelo grupo das crianças, com 7.070 (24, 27%); das puérperas, com 164 pessoas (23,43%); e 465 idosos trabalhadores da saúde. No total, até o momento a cidade tem 22.158 pessoas dos grupos prioritários vacinadas. 

A Campanha Nacional de Vacinação contra Gripe de vacinação começou dia 12 de abril e vai até o dia 9 de julho, em todo território nacional. Serão três fases da campanha de imunização contra o vírus influenza, dividas também por grupos de pessoas, sendo:
- primeira etapa: 12 de abril a 10 de maio – com a imunização de crianças, trabalhadores da saúde (incluindo idosos que trabalhem nesta área), gestantes e puérperas (mulheres que deram à luz recentemente).

- segunda etapa: de 11 de maio a 8 de junho – com a vacinação em idosos de 60 anos ou mais e professores.

- terceira etapa: de 9 de junho a 9 de julho - serão vacinadas pessoas com comorbidades e deficiências, caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário e de passageiros urbano e de longo curso, trabalhadores portuários, forças de segurança e salvamento, Forças Armadas, funcionários do sistema prisional e população privada de liberdade e adolescentes e jovens sob medidas socioeducativas.
               
Locais de vacinação
O público-alvo da primeira etapa está sendo vacinado nas unidades de saúde, das 14 às 17h horas. Para ser vacinado, é necessário apresentar documento de identidade com foto. Para as gestantes, é preciso apresentar o cartão pré-natal, enquanto as puérperas podem apresentar a declaração de nascimento da criança. Já os trabalhadores da saúde devem apresentar documento que comprove a função.







Anunciar no Portal DLNews

Seu contato é muito importante para nós! Assim que recebemos seus dados cadastrais entraremos em contato o mais rápido possível!