Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência.



Foto por: Divulgação
Processo de licitação do lixo é suspenso mais uma vez.

Abertura de propostas para coleta de lixo é suspensa após empresa entrar com recurso

Por: Melissa Cerozzi
02/04/2021 às 13:16
Cidades

Empresa Rodoserv Engenharia entrou com pedido que questiona sobre sua saída no processo licitatório. A abertura dos envelopes foi suspensa por tempo indeterminado.


A prefeitura de Rio Preto suspendeu mais uma vez o processo de licitação para escolha da empresa do serviço de coleta e tratamento de lixo da cidade. O motivo, desta vez, é que a empreiteira Rodoserv Engenharia questiona o parecer técnico da Comissão que a considerou inapta para continuar no certame. 

A empresa fazia parte do lote três com outras cinco concorrentes (Constroeste, Monte Azul Engenharia, Proposta Engenhara Ambiental, Trail Infraestrutura e MTK Engenharia), mas no último dia 29 de março, a Rodoserv e a MTK foram retiradas do processo pela Comissão de licitação da prefeitura, que as considerou inabilitadas. Por não concordar com o laudo, a Rodoserv Engenharia entrou com recurso administrativo para suspender o certame. 

Com essa decisão, a abertura dos envelopes com as propostas das empresas habilitadas que marcada para a próxima terça (6), foi suspensa por tempo indeterminado. 

Das 14 empresas que entraram no processo de concorrência para coleta e varrição, transporte e destinação do lixo, sete foram consideradas aptas pela prefeitura a continuarem na concorrência. Elas estão divididas em três lotes. O gasto previsto com a coleta é de até R$ 81,9 milhões. O contrato atual do serviço, realizado pela Constroeste, termina em maio.







Anunciar no Portal DLNews

Seu contato é muito importante para nós! Assim que recebemos seus dados cadastrais entraremos em contato o mais rápido possível!