Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência.



Foto por: Prefeitura de Rio Preto
Edinho Araújo participou de live nesta terça-feira sobre medidas de restrição na cidade

Governo Edinho endurece restrições em Rio Preto para frear a Covid; veja mudanças

Por: Heitor Mazzoco
02/03/2021 às 11:57
Saúde

Mais 50 leitos de enfermaria e UTI serão abertas na cidade gradativamente


A Prefeitura de Rio Preto anunciou nesta terça-feira (2) medidas mais restritivas no combate à Covid-19. Na cidade, 50.433 pessoas já se infectaram desde março do ano passado. Morreram 1.138 pessoas.

O comércio, por exemplo, será fechado a partir desta quarta. As lojas podem apenas realizar entregas em domicílio. Academias e salões de beleza devem fechar também.

O que muda a partir desta quarta-feira (3):
Serviços de saúde, farmácias, postos de combustível, lojas de conveniência, hotéis - Funcionam por 24 horas
Supermercado, padaria e hipermercados - das 6h às 22h
Restaurantes, lanchonetes e serviços ambulantes de alimentação - das 6h às 18h (apenas para retirada no local, depois das 18h, eles só podem manter atividades internas e realizar delivery)
Outras atividades essenciais, como Igrejas - das 6h às 18h

Devem fechar:
Atividades não essenciais, como academias e salões de beleza - não podem fazer atendimento presencial.
Comércio - das 8h às 18h com atividades internas e entrega em domicílio

Faculdades e universidades - apenas curso na área da saúde; demais cursos com aulas presenciais proibidas

"Ultrapassamos o pico que foi agosto do ano passado. Chegou momento em que a ocupação hospitalar gira entre 90% e 100%. Existe momento que é difícil conseguir uma vaga seja no particular, municipal ou estadual. Se continuar nesse ritmo, é esperado para março de 12 mil casos. Ou seja, 2 mil precisarão de internação. Um terço vai precisar de UTI", afirmou o secretário de Saúde de Rio Preto, Aldenis Borim.

"Número de internações aumentou nos últimos dias. Notícias que temos é que alguns estados é de total agravamento com sistema de saúde em colapso. E queremos evitar que isso ocorra em São José do Rio Preto. Queremos engajamento de todos. É preciso que cada um faça sua parte nesta guerra. Guerra terrível contra o vírus, quando achamos que sabemos tudo sobre ele, vem a cepa, a variante e temos que buscar soluções", disse o prefeito Edinho Araújo.

"Contágio não pode ser descontrolado. Aglomeração atrai a doença", afirmou o prefeito, que seguiu ao afirmar que o governo vai seguir as medidas da ciência.







Anunciar no Portal DLNews

Seu contato é muito importante para nós! Assim que recebemos seus dados cadastrais entraremos em contato o mais rápido possível!