Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência.



Foto por: Prefeitura de Rio Preto
Anel Viário J.Hawilla foi inaugurado em agosto de 2020

Estudante vai à Justiça para tentar tirar nome de J. Hawilla de anel viário em Rio Preto

Por: Heitor Mazzoco
26/02/2021 às 20:41
Bastidores

Ele cita o caso ’Fifagate’ para tentar mudar o nome do local; ação está na 1ª Vara da Fazenda de Rio Preto


Contra a homenagem 1

Um estudante de Rio Preto entrou com ação na Justiça para tentar tirar o nome do empresário, advogado e jornalista José Hawilla, conhecido como J. Hawilla, do anel viário inaugurado no ano passado na cidade. Na ação, Leonardo Lopes Rodrigues cita que "Hawilla tem fama internacional, especialmente entre as autoridades policiais e investigativas estadunidenses (sic), já que é réu confesso de lavagem de dinheiro, formação de quadrilha, entre outros crimes, naquele país". Hawilla morreu em 2018 por problemas respiratórios.

Contra a homenagem 2
De acordo com ação, o estudante cita delação de J.Hawilla no escândalo que ficou conhecido como "Fifagate". "Conforme reportagem da Revista Piauí, que fez a trajetória de corrupção do Sr. José Hawilla, este era o ’pivô do esquema de corrupção de futebol da FIFA’ e foi preso em 2013, assinando um acordo de delação premiada com as autoridades americanas". Ele continua: "Lembrando que o "Fifagate”, como ficou conhecido o escândalo do qual J. Hawilla foi o pivô, acarretou a prisão de diversos dirigentes da FIFA, CBF e outras grandes autoridades desportivas", cita.

Legislação
O estudante usa a lei orgânica do Município para pedir a retirada do nome do empresário do anel viário, que no artigo 30, inciso VIII, alínea "b", diz que "fica  proibido  o  uso  de  nomes  de  torturadores  e  de pessoas que tenham praticado atos de lesa-humanidade, violação de direitos humanos, e das autoridades constituídas, durante o período de ocorrência destas práticas, as quais historicamente são consideradas responsáveis ou omissas e os condenados em crimes de corrupção". A ação está na 1ª Vara da Fazenda e a Prefeitura de Rio Preto será notificada nos próximos dias para apresentar a defesa.







Anunciar no Portal DLNews

Seu contato é muito importante para nós! Assim que recebemos seus dados cadastrais entraremos em contato o mais rápido possível!