Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência.



Foto por: Divulgação
Governador João Doria

Doria liga pessoalmente à diretoria da Funfarme para tratar de vacinação contra Covid

Por: Da Redação
18/01/2021 às 16:37
Bastidores

Governador falou com diretores do Hospital de Base sobre o lançamento da campanha nesta terça-feira, dia 11, do qual ele participará


Doria ligou 1

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), ligou pessoalmente para a direção da Funfarme no início da tarde desta segunda-feira (18) para dizer que fazia questão de participar do lançamento da vacinação contra a Covid-19, que acontece no Hospital de Base às 11h desta terça-feira, dia 19.  Aos interlocutores, o governador se mostrou "grato e entusiasmado" com a importância do momento na guerra contra a pandemia do novo coronavírus. 

Preparação 

A direção da Funfarme, que engloba, além do HB, a Faculdade de Medicina de Rio Preto (Famerp) e o Hospital da Criança e Maternidade (HCM), passou toda a tarde reunida com representantes da Secretaria da Saúde de Rio Preto tratando dos detalhes da atividade desta terça, que se pretende tão barulhenta e eficiente quanto a do histórico domingo (17), quando a primeira dose da Coronac foi aplicada no Hospital das Clínicas em São Paulo. 

A escolha 1

Até as 17h, a instituição ainda não havia divulgado o nome de quem será o profissional que receberá a primeira dose do imunizante. Chegou-se a cogitar nos bastidores que o médico e diretor-executivo da Funfarme, Jorge Fares, fosse o indicado. Afinal, sua luta contra a Covid, que o manteve semanas a fio intubado na UTI, comoveu a cidade. 

A escolha 2

Tudo indica, no entanto, que a escolha recairá em um profissional da linha de frente direta da doença, como ocorreu em São Paulo, onde Mônica Calazans, mulher, negra, 54 anos e enfermeira, foi a contemplada. O simbolismo de alguém que não seja da "elite" da medicina norteará a escolha em Rio Preto também. 

Palco 

Na tarde desta mesma segunda, Doria abriu a vacinação no Hospital das Clínicas, de Campinas. Lá, a escolhida para a primeira dose foi uma técnica em enfermagemAlém do Hospital de Base. do HC de São Paulo e do HC de Campinas, hospitais universitários de Ribeirão Preto, Botucatu e Marília também vão receber doses da vacina. Segundo o secretário de Desenvolvimento Regional do Estado, Marco Vinholi, que é de Catanduva, o governador participará de aberturas nestas outras regionais também. 

A lista 

De imediato, Rio Preto receberá 7 mil doses, quantidade insuficiente para os profissionais da saúde, o que demandará a definição de critérios para se escolher os primeiros com direito à imunização. 









Anunciar no Portal DLNews

Seu contato é muito importante para nós! Assim que recebemos seus dados cadastrais entraremos em contato o mais rápido possível!