Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência.



Colisão entre ônibus e caminhão deixa ao menos 41 mortos no interior de SP

Por: FOLHAPRESS - MARCELO TOLEDO E DHIEGO MAIA
25/11/2020 às 13:30
Brasil e Mundo

RIBEIRÃO PRETO, SP, E SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Ao menos 41 pessoas morreram e cerca de 10 ficaram feridas num acidente envolvendo um ônibus e um caminhão na ...


RIBEIRÃO PRETO, SP, E SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Ao menos 41 pessoas morreram e cerca de 10 ficaram feridas num acidente envolvendo um ônibus e um caminhão na manhã desta quarta feira (25) entre Taguaí e Taquarituba, no interior de São Paulo.
O acidente ocorreu na rodovia Alfredo de Oliveira Carvalho, de pista simples, por volta das 7h, após o ônibus, que transportava funcionários de uma empresa, bater no caminhão que trafegava em sentido oposto.
De acordo com a polícia, a informação preliminar indica que o ônibus transportava cerca de 50 passageiros, todos funcionários de uma indústria têxtil instalada na região.
Destas, segundo a PM, 37 pessoas morreram no local. Com a batida, os veículos ficaram destruídos.
A colisão, que aconteceu no km 172 da rodovia, resultou na interdição da pista e no acionamento de forças policiais de cidades da região.
Carros do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar Rodoviária de Piraju foram encaminhados ao local do acidente. A polícia trabalha no momento na identificação de todas as vítimas --que não tiveram os nomes revelados.
O estado de saúde dos sobreviventes também não foi divulgado. Os feridos foram encaminhados pelas equipes de resgate para hospitais em Taquarituba, Taguaí e Fartura.
Há, de acordo com a polícia, vítimas presas às ferragens do ônibus.
Alexandre Guedes, porta-voz da Polícia Militar, disse em entrevista à GloboNews que o ônibus transportava ao menos 50 pessoas. “É uma ocorrência muito grave na região de Taguaí. O ônibus colidiu com um caminhão. Não temos dados precisos porque é um local de difícil acesso”, afirmou.
Guedes afirmou ainda que é muito cedo para se determinar as causas do acidente. “Nosso trabalho, agora, é prestar socorro. Estamos focados em resgatar pessoas”.
FORÇA-TAREFA PARA LIBERAR CORPOS
O governo Doria (PSDB) montou uma força-tarefa para identificar e liberar os corpos das vítimas envolvidas no acidente. A Secretaria da Segurança Pública acionou os IMLs das cidades de Avaré, Botucatu e Itapetininga para atender ao grande número de óbitos o mais rápido possível.
Além do empenho das polícias Civil e Militar, o helicóptero Águia da base de Campinas também foi acionado para auxiliar nos trabalhos.
Também estão a caminho do local do acidente o coronel Walter Nyakas Júnior, coordenador da Defesa Civil de São Paulo, e os secretários de Saúde, Jean Gorinchteyn, e de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi.
"Além de prestar solidariedade às vítimas e familiares, os secretários foram coordenar os resgates, assim como visitar os hospitais onde estão as vítimas, agilizar a liberação dos corpos e iniciar uma apuração sobre as causas do acidente", diz trecho do comunicado do governo do estado.

Publicado em Wed, 25 Nov 2020 13:23:00 -0300







Anunciar no Portal DLNews

Seu contato é muito importante para nós! Assim que recebemos seus dados cadastrais entraremos em contato o mais rápido possível!