Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência.



Foto por: Divulgação
Rogério Vinícius, candidato a prefeito de Rio Preto pelo DC

GESTÃO: Rogério Vinícius diz que vai desburocratizar a máquina para baratear e agilizar licenças e alvarás

Por: Da Redação
10/10/2020 às 10:22
Perfil dos candidatos

Candidato do DC à Prefeitura de Rio Preto afirma ainda que vai "reduzir drasticamente o número de cargos comissionados"


O candidato a prefeito de Rio Preto Rogério Vinícius (DC) responde às cinco questões formuladas pelo empresário Marcos Scaldelai a pedido do DLNews. Objetivo é avaliar como o prefeiturável pensa como gestor. Scaldelai é especialista em atitudes de empreendedorismo e liderança, autor de três best-sellers e um dos empresários mais influentes do meio no Estado. Atualmente é presidente do Lide Noroeste Paulista e tem sua empresa, a Scaldelai Projetos de Crescimento. Confira: 

Marcos Scaldelai: Qual sua experiência como gestor. Como diz Falconi, "quem não mede não gerencia”. Assim sendo, como é possível medir a eficiência das suas gestões? 
Rogério Vinícius:  É necessário ter métodos e critérios de avaliação permanente dos serviços públicos e um controle social efetivo para aplicação desses métodos. A coleta de dados é o primeiro passo do planejamento estratégico.

Marcos Scaldelai: Quais os maiores desafios para fomentar o ambiente privado? 
Rogério Vinícius:  A Constituição Federal reserva praticamente todas as políticas de fomento do mercado à União. Assim, é necessário que o prefeito seja criativo para ajudar a economia local. Vamos desburocratizar a máquina administrativa para baratear e agilizar a obtenção de licenças e alvarás. Vamos estimular a economia local com a realização de eventos culturais no calçadão e nos shopping centers. Vamos fomentar o turismo com a construção de um Parque Ecológico Esportivo e de uma arena multiuso, com kartódromo integrado. Vamos redefinir os locais de funcionamento da Área Azul, para facilitar estacionamento para os estabelecimentos próximos da região central. Vamos discutir com a sociedade a possibilidade de permitir estacionamento de carros nas principais avenidas, fora do horário de funcionamento dos corredores de ônibus. Por fim, vamos promover uma administração democrática, acreditando que as melhores propostas de fomento do ambiente privado serão construídas pelos próprios empresários, que serão convidados a participar do planejamento da cidade.

Marcos Scaldelai: Quais medidas de redução de custos na estrutura pública que o senhor  implementará imediatamente, se eleito? 
Rogério Vinícius: Não aceitei apoios, coligações ou alianças na base da negociata e da troca de cargos e secretarias. Isso me permite assegurar que vamos reduzir drasticamente o número de cargos comissionados. Também vamos reduzir o número de secretarias, unificando algumas delas. 

Marcos Scaldelai: O Líder Relevante não precisa saber tudo, mas sim, ter um time de excelência. Qual será o perfil de seus secretários? 
Rogério Vinícius: Não negociei secretarias por apoios. Assim, teremos liberdade para montar um secretariado não apenas competente e preparado, mas moderno e democrático, apto a desenvolver ações intersetoriais, com participação de várias secretarias e ouvindo previamente a sociedade, o que nunca se fez em Rio Preto.

Marcos Scaldelai: Qual seu senso de urgência para resolver os problemas? 
Rogério Vinícius: Temos muitos problemas urgentes. O primeiro ano de governo é realizado com o orçamento deixado pelo prefeito anterior. Mas teremos criatividade para implementar políticas de redução de gastos públicos logo no início do mandato. A urgência é grande, mas meu senso de urgência não pode me levar a assumir compromissos levianos. Será necessário assumir a prefeitura e me inteirar de sua situação financeira antes de definir cronogramas para solução dos problemas.







Anunciar no Portal DLNews

Seu contato é muito importante para nós! Assim que recebemos seus dados cadastrais entraremos em contato o mais rápido possível!