Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência.



Foto por: Câmara dos Deputados
Bozzella não sabia de coligação PSL-PT

Diretório Estadual do PSL proíbe coligação com PT, o que ocorreu em Ilha Solteira

Por: Heitor Mazzoco
23/09/2020 às 15:24
Bastidores

PSL local descumpre dois itens em determinação de presidente estadual do partido


Separação 
O diretório estadual do PSL de São Paulo proibiu diretórios municipais de realizarem coligações com PT, Psol e PC do B. Partido que já abrigou o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), exige candidatura própria em cidades em que o partido foi constituído. 

Ilha Solteira
A exigência do diretório estadual causa problema em Ilha Solteira. Na convenção do PSL local ficou definido que a legenda seguirá com PL, PDT, PT e Cidadania. Além de participar de uma coligação com petistas, o PSL não encabeça a chapa. O candidato da coligação é Rodrigo Batista Gonçalves (PL). 

Itirapuã
A coligação que mais chamou atenção ocorreu em Itirapuã Paulista, na região do Vale do Ribeira. Na cidade, a candidata Sirlene Camargo (PT) foi escolhida como candidata e, como vice, o policial Aguinaldo Cruz (PSL). A coligação foi desfeita. 

Parabéns’
O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL/SP) deu "parabéns" (de forma irônica) ao presidente estadual do PSL, o também deputado federal Júnior Bozzella, depois de assunto ganhar repercussão nacional. Bozzella não deixou barato. Após acabar com casamento entre PSL e PT em Itirapuã Paulista, o parlamentar disse que "no PSL de São Paulo tem trabalho duro e coerência sempre, por isso somos o maior partido de direita do Brasil". 







Anunciar no Portal DLNews

Seu contato é muito importante para nós! Assim que recebemos seus dados cadastrais entraremos em contato o mais rápido possível!