Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência.



Foto por: Reprodução
Imagem Ilustrativa

Agente sanitário é preso por manter aves silvestres em cativeiro

Por: Bruna Yamasaki
22/09/2020 às 08:41
Polícia

Polícia chegou ao local por meio de denúncia e encontrou aproximadamente 50 animais


Um agente sanitário de 41 anos foi preso na manhã desta segunda-feira (21) na Estância São Judas Tadeus por posse irregular de arma de fogo e por matar espécies da fauna silvestre.

A Polícia Ambiental foi informada por meio de denúncia sobre rinha de galos e aves sendo mentidas em cativeiro no local. Quando foram verificar o lugar estava fechado, mas foi possível ver mais de 20 passarinhos silvestres sem anilha.

Os pássaros não apresentavam licença ambiental e estavam agitados, aparentemente retirados da fauna recentemente.  Também foram encontrados 25 galos de briga, também presos em gaiolas.

Em seguida o dono chegou e abriu o local. Questionado sobre algo mais ilícito na casa, ele disse que no guarda-roupas estava um revólver calibre 38 desmuniciado.  Sobre a arma ele disse que a comprou há 10 anos de uma pessoa de Nova Granada.

Os animais silvestres e as gaiolas foram apreendidas administrativamente e o agente sanitário foi encaminhado até a delegacia. Ele foi preso e permaneceu à disposição da Justiça.







Anunciar no Portal DLNews

Seu contato é muito importante para nós! Assim que recebemos seus dados cadastrais entraremos em contato o mais rápido possível!