Athletico-PR vence o Goiás no Brasileiro com gols de Vitinho e Carlos Eduardo

Por: FOLHAPRESS -
12/08/2020 às 22:00
Esportes

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O Athletico-PR bateu o Goiás por 2 a 1, nesta quarta-feira (12), pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. O jogo foi realizad...

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O Athletico-PR bateu o Goiás por 2 a 1, nesta quarta-feira (12), pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. O jogo foi realizado na Arena da Baixada, em Curitiba.
Com o resultado, a equipe comandada por Dorival Jr. chegou a seis pontos na tabela e permanece na liderança. Foi também a estreia do Esmeraldino, que viu seu jogo contra o São Paulo, domingo passado (9), ser adiado por causa de nove testes positivos de Covid-19 em seu elenco.
A primeira etapa teve quase uma hora das equipes dentro de campo. Aos 20 minutos, Daniel Bessa, meia do Goiás, deu uma entrada muito forte em Fernando Canesin. O jogador do Athletico sofreu uma pancada no rosto e deixou a partida de ambulância, o que atrasou um pouco a partida. Além disso, a falta de Bessa foi checada por VAR para saber se era necessária expulsão. Ele só recebeu o amarelo.
O Athletico abriu o placar aos 31 minutos do primeiro tempo. Vitinho fez boa jogada do lado esquerdo e chutou forte. A bola entrou no ângulo esquerdo de Marcelo Rangel.
Aos 55 minutos, o zagueiro Rafael Vaz cobrou falta e o VAR chamou o árbitro Diego Pombo Lopez assinalou pênalti em toque de mão de Thiago Heleno, o que retardou ainda mais o primeiro tempo. Daniel Bessa, em cobrança de pênalti, empatou para o Goiás.
O segundo gol do Athletico saiu após Nikão cruzar uma bola muito fechada e o goleiro Marcelo Rangel sair mal. O atacante Vitinho evitou a saída da bola e deu um toque por cima do arqueiro adversário, que deixou Carlos Eduardo livre e com o gol aberto para marcar o tento que garantiu a vitória.
Vitinho foi o destaque do triunfo do Athletico. O jovem de 21 anos marcou um belo gol no primeiro tempo e ainda deu a assistência para o gol de Carlos Eduardo, que garantiu a vitória da equipe dirigida por Dorival Júnior.
O pior foi Marquinhos Gabriel. O meia errou muitos passes e não conseguiu ser o meia criativo que a equipe precisava. Além disso, foi mal nas bolas paradas e sua falta de produção sobrecarregou os jogadores do ataque. Ele deixou a partida aos 43 do segundo tempo e deu lugar ao volante Richard.

ATHLETICO-PR
Santos; Jonathan; Lucas Halter, Thiago Heleno, Abner Vinícius; Wellington, Fernando Canesin (Leó Cittadini), Nikão, Marquinhos Gabriel (Richard); Vitinho (Geuvânio); Vinícius Mingotti (Carlos Eduardo). T.: Dorival Júnior

GOIÁS
Marcelo Rangel; Yago Rocha (Pintado), Fabio Sanches, Rafael Vaz, Heron; Thalles (Douglas Baggio), Daniel Bessa (Ignacio Jara), Breno; Luiz Gustavo (Miguel Figueira), Vinícius Lopes (Zeca), Victor Andrade. T.: Ney Franco

Estádio: Arena da Baixada, Curitiba
Juiz: Diego Pombo Lopez
Cartões amarelos: Lucas Halter, Thiago Heleno e Jonathan (Athletico); Victor Andrade, Rafael Vaz e Daniel Bessa (Goiás)
Gols: Vitinho, aos 31min do primeiro tempo, e Carlos Eduardo, aos 30min do segundo tempo (Athletico); Daniel Bessa, aos 57 do primeiro tempo (Goiás)

Publicado em Wed, 12 Aug 2020 21:59:00 -0300






Anunciar no Portal DLNews

Seu contato é muito importante para nós! Assim que recebemos seus dados cadastrais entraremos em contato o mais rápido possível!