Foto por: Governo de São Paulo
Marco Vinholi, secretário de Desenvolvimento Regional do Estado

Região ganha 15 dias, e liberdade de ações duras, para reduzir Covid e evitar rebaixamento

Por: Maria Elena Covre, Fabrício Carareto e Heitor Mazzoco
24/07/2020 às 20:42
Bastidores

Permanência na fase laranja foi por muito pouco e Estado diz que prefeitos têm prerrogativa para adotar medidas mais rigorosas, como Lei Seca, por exemplo

Corrida contra o tempo 1 
Com a permanência da DRS de Rio Preto na fase 2 (laranja) do plano de flexibilização do governo do Estado, as prefeituras da região "ganharam” mais duas semanas para tentar melhorar seus números de forma a escapar de uma regressão para o vermelho. Desta vez, como admitiu o secretário de Saúde, Aldenis Borim, foi, de novo, por muito pouco. 

Corrida contra o tempo 2
Isso inclui não só ampliar número de leitos de UTI e de enfermaria, realocar servidores ou ajudar hospitais a caçar medicamentos em falta, mas também endurecer nas medidas indigestas que possam conter o volume diário de novos doentes. 

Pode endurecer  
Questionado pelo DLNews, o secretário de Desenvolvimento Regional do Estado, Marco Vinholi (PSDB), deu a senha ao afirmar que as prefeituras não podem avançar por conta própria na abertura, mas têm, sim, a prerrogativa, de tomar baixar medidas pontuais que considerarem necessárias para conter a pandemia. 

Exemplar 
Um exemplo é o decreto do prefeito de Rio Preto, Edinho Araújo (MDB), impondo Lei Seca das 20h às 6h durante a semana e integralmente aos finais de semana. E também o fechamento de supermercados aos sábados e domingos. Este segundo ponto virou cabo de guerra na Justiça entre o município e os supermercadistas. 

Lotação 
A criação sistemática de leitos é urgente, já que os números mostram que crescem os casos de internações por Covid-19 na cidade. Para se ter uma ideia, o Hospital de Base, referência para 107 cidades na região, tinha nesta quinta (23) 221 leitos ocupados (125 na enfermaria e 96 na UTI). Na Santa Casa, 100% dos leitos de enfermaria e 80% de UTI estavam com pacientes. 

Jaci e UPA
As vagas recentes abertas em Jaci e na UPA Jaguaré já começam com alta demanda. Em Jaci, das 18 vagas de enfermaria, 17 estão ocupadas. Das 10 vagas de UTI, apenas quatro estão vagas. Já na UPA Jaguaré, em Rio Preto, são 23 leitos ocupados (18 em enfermaria e 5 em estado grave). 

Esperança é... 
A Associação Paulista de Supermercados (Apas) ainda aguarda decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Dias Toffoli sobre reabertura de supermercados para este final de semana. O pedido de reconsideração foi protocolado nesta sexta-feira (24). 

...a última que morre 
Para advogados consultados pelo DLNews, a mudança no entendimento não deve ocorrer. Isso porque o próprio Toffoli, na quinta-feira (23), decidiu que os supermercados devem fechar neste final de semana.

Agitou 
A saída do jornalista Mário Soler do comando da Secretaria de Comunicação de Rio Preto, anunciada nesta sexta (24), agitou a cena política. Aliados e adversários faziam os mesmos questionamentos: é uma retirada definitiva ou só uma transição para a campanha à reeleição do prefeito Edinho Araújo (MDB)? O espanto se justifica. Soler - com Zeca Moreira, Jair Moretti e China - faz parte do círculo mais próximo (politica e pessoalmente falando) do emedebista. 

Cansado
Aos 65 anos, o jornalista disse ao DLNews que seus planos, por ora, é "descansar e fugir do vírus”. No caso, o causador da Covid-19, que, de fato, vem impondo aos integrantes do governo desafios e jornadas extenuantes. Também se mostrou cansado e precisando de um descanso aos mais chegados no gabinete do prefeito. 

Portas abertas 
Sobre o futuro, no entanto, deixa no ar que nada é improvável, até mesmo um retorno após tomar fôlego para o trampo de uma campanha eleitoral que promete. "Projetos futuros ainda indefinidos”, afirmou à coluna. Mas, em sua despedida aos colegas de secretaria, escreveu que não descarta "novas missões”. Ou seja…

’Sempre fiel’
Edinho disse que respeita a decisão pessoal de Soler de dar uma pausa no ritmo intenso de trabalho à frente da Comunicação. "Agradeço por ter emprestado sua experiência e credibilidade ao nosso governo, realizando um trabalho de excelência em favor da comunicação pública e principalmente da transparência de gestão. Sempre fiel e amigo leal, novas caminhadas surgirão.”

Agora, na vitrine 
Embora não seja um nome estampado na vitrine do governo, Josi Amorieli, que ocupava o cargo de assessora especial e vai assumir o comando da Comunicação, também tem vínculo antigo com Edinho. Formada em marketing e pós-gaduada em gestão empresarial, ela já estava na campanha do emedebista à prefeitura em 2004. Josi foi treinada nesse meio pelo grande guru político do emedebista, o marqueteiro Saulo Nunes, a quem se atribui boa parte da história de sucesso do ex-prefeito de Santa Fé do Sul nas urnas. 

Lista longa 1
E a lista de possíveis nomes para substituir Eleuses Paiva (PSD) na chapa do prefeito Edinho Araújo (MDB) à reeleição só cresce. Outro que orbita o posto é o presidente da Câmara de Rio Preto, Paulo Pauléra, cacique do PP, uma das siglas aliadas ao governo. 

Lista longa 2
Como "dote”, o veteraníssimo vereador tem em sua chapa alguns dos mais ferrenhos bolsonaristas da cidade, trazidos para a legenda pelo deputado federal Fausto Pinato (PP), de Fernandópolis. Lá estão, por exemplo, o policial civil aposentado Paulo Rocha e o conselheiro tutelar Josimar Peres. O difícil vai ser convencer os dois, críticos ferrenhos às políticas de isolamento social, a defenderem o legado de Edinho. 

Mais um
O empresário Carlos Alexandre, presidente do diretório municipal do PC do B, é o pré-candidato do partido à prefeitura de Rio Preto. O anúncio foi feito nesta sexta-feira (24). Desde o racha entre o PT e o Psol, que fez naufragar o projeto de uma ampla frente de centro-esquerda, a legenda se posicionou dizendo que não assumiria nenhum dos lados. E que também colocaria um nome no tabuleiro. 

Sem omissão
"O PCdoB, cuja história de quase 100 anos engrandece a política brasileira, está organizado em Rio Preto e se caracteriza pelas suas posições de unir forças em defesa da vida e da democracia para salvar o Brasil. Por isso, não pode se omitir no processo eleitoral que visa discutir a cidade e a vida dos seus trabalhadores, trabalhadoras e habitantes”, diz a nota que apresenta o nome de Carlos Alexandre. 

Aberto
A nota diz ainda que o partido mantém seu debate aberto "e convida todas e todos aqueles que almejam uma cidade mais justa, humana e inclusiva as se juntarem à luta”.

Chapa de seis
A convenção do PC do B, que definirá oficialmente as candidaturas, deverá ocorrer somente no mês de setembro, quando se encerram os prazos. Até o momento, o PC do B conta com seis pré-candidatos a vereador, sendo três homens e três mulheres. Em Rio Preto, as legendas podem lançar até 26 nomes para o Legislativo.






Anunciar no Portal DLNews

Seu contato é muito importante para nós! Assim que recebemos seus dados cadastrais entraremos em contato o mais rápido possível!