São Paulo tem 153 bares interditados em primeiro fim de semana de flexibilização

Por: FOLHAPRESS - TAYGUARA RIBEIRO
13/07/2020 às 23:00
Brasil e Mundo

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Prefeitura de São Paulo, gestão Bruno Covas (PSDB), interditou 153 bares da cidade no primeiro fim de semana de flexibilização da...

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Prefeitura de São Paulo, gestão Bruno Covas (PSDB), interditou 153 bares da cidade no primeiro fim de semana de flexibilização das regras de funcionamento do setor.
Os locais interditados abriram fora dos horários permitidos ou descumpriram as regras que pretendem evitar a propagação da pandemia de Covid-19.
De acordo com a gestão, a "Secretaria Municipal das Subprefeituras fiscaliza diariamente estabelecimentos que ainda não tiveram a abertura ao público permitida".
Desde o início das restrições da quarentena do novo coronavírus, 798 estabelecimentos foram interditados por descumprirem as regras vigentes. Destes, 390 são bares, restaurantes, lanchonetes e cafeterias.
Ainda segundo a administração municipal, a "fiscalização no final de semana foi intensificada e contou com apoio da GCM (Guarda Civil Metropolitana), CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) e PM (Polícia Militar)". Os locais fechados devem solicitar a desinterdição na subprefeitura.
Desde segunda-feira (6), bares e restaurantes receberam autorização para funcionar com horário restrito, capacidade reduzida e seguindo as normas de segurança.
O protocolo prevê lotação máxima de 40% dos ambientes, expedientes diários de seis horas e funcionamento até as 17h. Além disso, será obrigatório o uso de máscara por todos, sejam funcionários ou clientes. Os ambientes terão de ser ventilados e será necessária a triagem diária de funcionários.

Publicado em Mon, 13 Jul 2020 22:31:00 -0300






Anunciar no Portal DLNews

Seu contato é muito importante para nós! Assim que recebemos seus dados cadastrais entraremos em contato o mais rápido possível!