Foto por: Divulgação
Uma das UTIs do Hospital de Base de Rio Preto para Covid-19

Dispara ocupação de leitos de UTI com pacientes Covid-19 no HB e na Santa Casa

Por: Maria Elena Covre, Fabrício Carareto, Heitor Mazzoco
29/06/2020 às 20:09
Bastidores

Números mostram o crescimento de doentes com quadros graves, que demandam cuidados intensivos, em Rio Preto e região

Graves 1
O Hospital de Base de Rio Preto atingiu nesta segunda-feira (29) a marca de 51,28% de ocupação de seus 117 leitos de UTI disponibilizados para pacientes Covid-19 (suspeitos e confirmados), num total de 60 internações no setor. 

Graves 2
Para se ter ideia, na segunda-feira da semana passada (dia 22), esse percentual era de 35,4%, com 41 doentes em unidades de terapia intensiva. Os dados do HB refletem uma aceleração regional no volume de casos com quadros mais graves da doença, uma vez que a instituição atende 107 municípios, incluindo Rio Preto. 

Graves 3
Na Santa Casa de Rio Preto, que atende principalmente pacientes SUS de Rio Preto e entorno, desde segunda-feira da semana passada (22) o sinal de alerta foi disparado, quando a ocupação nos  leitos de UTI bateu em 75%. Nesta segunda, o comprometimento da capacidade caiu, mas segue preocupante, com 66% de vagas ocupadas, totalizando 67 internados. 

Enfermarias  
Ainda Santa Casa, a ocupação das enfermarias também chama a atenção, tendo chegado a 90% na segunda passada e cravado 80% nesta segunda. Já, no HB, dado o grande número de leitos disponíveis, a situação é menos dramática nas enfermarias, com apenas 24,64% de comprometimento. 

Mais
Além do volume maior de infectados, o que as autoridades de saúde temem é proporção maior também de pacientes que estão precisando de tratamento intensivo. De acordo com o último boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Saúde nesta segunda-feira, Rio Preto chegou a 2.601 casos positivos e 78 óbitos, sete em dois dias. 

Cautela... 
O prefeito de Rio Preto, Edinho Araújo (MDB), que vem assumindo o desgaste de medidas indigestas no combate à Covid-19, percebeu que multar comerciantes e cidadãos por falta de máscaras já é demais para quem tem encontro marcado com as urnas muito em breve. 

Decisão de Dória 
O governador João Doria (PSDB) anunciou nesta segunda-feira (29) que pessoas e estabelecimentos comerciais que não cumprirem a obrigatoriedade do uso de máscaras serão multados. Quem for flagrado sem o acessório em local público terá de pagar R$ 500. Já os comerciantes vão ser penalizados em R$ 5 mil para cada cliente rebelde. A fiscalização e efetivação caberão aos municípios e os valores arrecadados serão revertidos em cestas básicas, segundo o tucano. 

Só na conversinha...
Questionada pelo DL News, a assessoria de imprensa da Prefeitura de Rio Preto afirmou que, na cidade, o modelo segue o mesmo: as pessoas abordadas sem máscaras serão apenas "orientadas”, sem multas ou qualquer outra penalidade. 

Trava tudo 
O primeiro dia útil de mini-lockdown deixou representantes de alguns setores de Rio Preto confusos, achando que poderiam atuar no modelo anterior a 1º de julho. Ou seja, no esquema drive-thru (no caso de lojas) ou com serviços internos (no caso de escritório). O mal-entendido foi desfeito pela gerente da Vigilância Sanitária, Miriam Wowk. "As empresas não podem abrir as portas nem realizar serviços internos”, afirmou. 

Só os essenciais
Nos dias de lockdown (domingo, segunda e terça), somente os chamados serviços essenciais podem funcionar normalmente, que são supermercados, mercearias, drogarias, postos de combustíveis, óticas, materiais de construção e distribuidoras de gás. 

Nesse caso, é multa 
Neste caso, a fiscalização sobre o cumprimento das normas de funcionamento em tempos de Covid-19, a cargo da Vigilância Sanitária, está fazendo valer os decretos estaduais e municipais. Até o momento, 318 estabelecimentos comerciais foram autuados, dos quais cinco receberam advertência e quatro foram multados: um restaurante, um supermercado, uma lanchonete e um banco.

E aí? 
Dos três deputados federais da região de Rio Preto, apenas Geninho Zuliani (DEM), de Olímpia, se arriscou a cravar uma posição em relação ao assunto que mobiliza a Câmara Federal no momento: a PEC 18/20, que adia as eleições municipais em razão da pandemia do novo coronavírus. A expectativa é de que o tema entre em votação nesta terça-feira (30) ou quarta (1º). 

Sim
Texto aprovado semana passada no Senado estabelece as votações nos dias 15 de novembro (1º turno) e 29 de novembro (2º turno). O calendário oficial prevê os dias 4 outubro e 25 de outubro, respectivamente. Em entrevista ao DL News na sexta-feira (26), Geninho se disse favorável à mudança, desde o pleito ocorra ainda em 2020. 

Sei lá...
Já o deputado federal Luiz Carlos Motta (PL) preferiu não se comprometer em relação a seu voto. "Nesse momento, estamos ouvindo autoridades sanitárias e de saúde, porque precisamos de proteção para quem vai votar e para quem vai trabalhar. Somente após essa discussão detalhada, poderemos prosseguir para a data das eleições, mas a nossa preocupação é com a vida dos brasileiros”, afirmou o parlamentar ao DL News na tarde esta segunda (29). 

… entende?
Também questionado pela coluna, o deputado Fausto Pinato (PP), de Fernarndópolis, foi na mesma linha: "Com o devido respeito, são os médicos quem devem informar para o Parlamento a data factível que podemos fazer as eleições, sempre priorizando a vida e não a política. De minha parte, votarei sempre priorizando a orientação dos médicos infectologistas. A ideia é proteger a vida de todos: dos eleitores e candidatos.”

Costura 1
As posições de Pinato e Motta apenas corroboram a fala do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), nesta segunda-feira (29) de que ainda não havia na Casa acordo para votar, e passar, a proposta de prorrogar as eleições. Partidos do Novo Centrão –  Republicanos, PP, PL e PSD, entre os principais – são os mais reticentes. Vale lembrar que o DEM faz parte do antigo Centrão. 

Costura 2
O deputado federal Marcos Pereira, cacique do Republicanos, capitulou ao longo das reuniões do último final de semana e declarou que a legenda vai votar favorável à mudança. Já o PP e o PL, de Pinato e Motta, respectivamente, ainda não tinham fechado posição, daí a posição "indefinida” dos dois. Entre as contrapartidas de boa parte do Centrão para votar a mudança, está a volta da propaganda partidária em rádio e televisão, que deixou de existir em 2017, ficando apenas a campanha eleitoral.  

Chegou...
O vereador Marco Rillo, ainda fresco no PSOL, onde desembarcou em abril após décadas de militância petista, anunciou nesta segunda (29) sua pré-candidatura à Prefeitura de Rio Preto. E já chegou marcando posição em relação à ex-companheira de legenda, Celi Regina, pré-candidata pelo PT. 

…chegando 
Concomitante ao anúncio de Rillo, o presidente da ATEM (sindicato dos trabalhadores municipais da educação), Fabiano de Jesus (PSTU), lançou uma campanha de apoio ao nome do vereador junto a professores, uma das principais bases de Celi. 

PC do B e PDT
Além do PSTU, o pai do ex-deputado João Paulo Rillo (Psol), diz que vai atrás também do PC do B, com quem sempre dialogou. Mas lideranças legenda se frustraram com o racha na pretensa frente de esquerda que começava  ser gestada e anunciou que também teria nome próprio na disputa. O vereador acha que pode reverter. Assim como acredita que dá para conversar com outros partidos, como o PDT de Carlos de Arnaldo. 

Formal 
"Temos de aglutinar a esquerda. Não sei se serei o nome, mas o que pedi foi um projeto social para acabar com esses anos de Valdomiro e Edinho", disse o vereador, mostrando que está se apresentando para tentar ressuscitar a sonhada frente. Difícil parece restabelecer a química com com o PT. Questionada sobre a decisão do ex-correligionário, Celi foi formal:  "Desejo boa sorte ao vereador Marco Rillo", disse Celi. 

Orçamento 2021 
O Orçamento da Prefeitura de Rio Preto para 2021 deve ficar um pouco abaixo do valor de 2020. A perspectiva é que o valor seja de R$ 2,10 bilhões. Para este ano, o montante foi de R$ 2,13 bilhões. O Secretário de Planejamento de Rio Preto, Israel Cestari, disse que o número fechado será divulgado no segundo semestre. 

Segue a busca 
O juiz Marcelo de Moraes Sabbag negou pedido dos advogados do delegado José Mauro Venturelli para que o vereador Anderson Branco seja considerado intimado da ação por dano moral movido por Venturelli, após dar entrevista ao DLNews e fazer postagem no Facebook. Para Sabbag, o rito processual precisa ser seguido e ele deu prazo de cinco dias para que novo endereço de Branco seja apresentado nos autos.






Anunciar no Portal DLNews

Seu contato é muito importante para nós! Assim que recebemos seus dados cadastrais entraremos em contato o mais rápido possível!