Foto por: Prefeitura de Rio Preto/Ivan Feitosa
Edinho durante videoconferência na manhã desta quarta-feira (24)

Comércio de Rio Preto deverá fechar de domingo a terça e terá horário ampliado

Por: Da Redação
24/06/2020 às 12:04
Cidades

Proposta foi feita pelo secretário de Desenvolvimento Regional do Estado, Marco Vinholi, ao prefeito Edinho Araújo (MDB)

O governo do Estado sugeriu ao prefeito Edinho Araújo (MDB) a ampliação do horário do comércio, das atuais 4h por dia para 6h, e o fechamento completo dos estabelecimentos de domingo a terça-feira.

O posicionamento do governo foi uma resposta ao prefeito que havia solicitado ampliar das 4h para 5h diárias, com o fechamento aos domingos e às segundas.

A contraproposta foi feita na manhã desta quarta-feira (24) pelo secretário de Desenvolvimento Regional do Estado, Marco Vinholi, em videoconferência com prefeitos das cidades polo do Estado. "Nós aceitamos essa contraproposta, pois sabemos da importância em se preservar vidas. Agora aguardamos uma posição do Estado para saber se podemos seguir este plano", afirmou Edinho.

Vinholi disse que irá se reunir com os membros do Conselho Executivo de combate ao coronavírus e que a resposta será dada o quanto antes "se possível ainda hoje". Após a consulta, o prefeito deverá editar um novo decreto municipal estabelecendo os novos horários para os serviços não-essenciais.

Edinho ainda cobrou do Estado maior agilidade na aquisição de medicamentos para a intubação de pacientes em tratamento para Covid-19. Tanto no Hospital de Base, como na Santa Casa de Rio Preto, os estoques de relaxantes musculares e sedativos estão críticos. Ambos os hospitais suspenderam as cirurgias eletivas para que os remédios possam ser usados por pacientes em estado mais grave.

"Quero reiterar meu pedido que já havia sido feito na última reunião que tivemos sobre a falta de medicamentos para intubação. É uma situação muito crítica que esses hospitais estão passando e precisamos de uma solução urgente", afirmou o prefeito.

"Estamos atuando junto ao governo Federal e ao Ministério da Saúde para resolver essa situação", disse Vinholi.






Anunciar no Portal DLNews

Seu contato é muito importante para nós! Assim que recebemos seus dados cadastrais entraremos em contato o mais rápido possível!