Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência.



Foto por: Divulgação / Pixabay
Salões de beleza permanecerão fechados

Juíza nega liminar para reabrir salões e barbearias de Rio Preto

Por: Heitor Mazzoco e Lucas Israel
22/05/2020 às 19:39
Bastidores

Magistrada citou decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que definiu que não há conflito entre as decisões presidenciais com as estaduais


Salões fechados 1
A juíza da 2ª Vara da Fazenda de Rio Preto, Tatiana Viana Pereira Santos, negou liminar que pedia reabertura de salões de beleza e barbearias em Rio Preto. A ação foi movida por um salão da cidade. 

Salões fechados 2
Na inicial, o advogado citou que a reabertura ela válida com base no decreto do presidente Jair Bolsonaro que, segundo ele, está acima da decisão estadual. Tatiana, no entanto, citou decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que definiu que não há conflito entre as decisões presidenciais com as estaduais. Em São Paulo, o governador João Doria (PSDB) negou reabertura dos estabelecimentos. 

Pedido
Representantes da categoria se reuniram com o prefeito de Rio Preto, Edinho Araújo (MDB), na manhã desta sexta-feira (22). Uma pessoa que participou da reunião disse que o prefeito pediu paciência e que a situação será outra a partir do dia 1º de junho, quando o relaxamento deve começar, caso João Doria aceite dar autonomia aos municípios. 







Anunciar no Portal DLNews

Seu contato é muito importante para nós! Assim que recebemos seus dados cadastrais entraremos em contato o mais rápido possível!