Mulher acusa ex-marido de passar Covid para a filha

Por: Bruna Yamasaki
22/05/2020 às 08:26
Polícia

Uma mulher de 22 anos registrou nesta quinta-feira (21) um boletim de ocorrência sobre a morte da filha de apenas 6 meses. No registro ela diz que o ex-marido estava com suspeita de Covid-19 e, no último sábado (16), ido buscar as duas filhas para passar o dia com ele.

A mulher contou que soube, por meio de uma conhecida de trabalho dele, que ele não estava indo trabalhar por conta da suspeita. Além disso, falou também que tem medida protetiva contra o ex-marido e também registros na Delegacia de Defesa da Mulher (DDM).

Em contato com o pai da criança, que mora em Ouroeste (SP), ele disse que a mulher tem problemas psiquiátricos e faz uso de remédios controlados. Sobre a doença, ele disse que às vezes fica resfriado por possuir rinite alérgica, mas disse que não tem febre e não é suspeito de Covid-19.

Sobre a criança, ele também falou que ela tinha refluxo gástrico e que a mãe estaria apenas querendo o culpar pela morte da filha deles. A investigadora de polícia também entrou em contato com o Instituto Médico Legal (IML) e foi informada que no exame feito não apresentava sinais de violência e nenhuma indicação de Covid.

A causa da morte da bebê ficou confirmada como asfixia mecânica, tendo ela, possivelmente, aspirado o próprio vômito.






Anunciar no Portal DLNews

Seu contato é muito importante para nós! Assim que recebemos seus dados cadastrais entraremos em contato o mais rápido possível!