Foto por: Reprodução
Homem se desculpa por espalhar fake news sobre hospital de Rio Preto

Após usar redes sociais para acusar hospital de alterar laudo da mãe, homem pede desculpas

Por: Da redação
14/05/2020 às 16:55
Cidades

Morador de Rio Preto usou as redes sociais para acusar o Hospital Beneficência Portuguesa de alterar o laudo com as causas da morte da mãe para Covid-19

O morador de Rio Preto que acusou o Hospital Beneficência Portuguesa de apontar Covid-19 como a causa da morte da mãe dele, morta na última sexta-feira (8) após a batalha contra um câncer, usou as redes sociais para pedir desculpas por espalhar a notícia falsa contra a unidade.

A instituição publicou o vídeo na página do Facebook. Na última quarta-feira (13), outro vídeo gravado pelo homem, que se apresenta como Rodrigo, começou a circular nas redes sociais e no WhatsApp. Na filmagem ele conta que a mãe estava internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital e morreu na sexta, dia 8. No entanto, ele acusou a unidade de alterar a causas da morte para Covid-19.

"Falaram para o meu irmão que o corpo dela estava em um saco preto e que ela seria enterrada como Covid-19, que a morte dela foi por Covid-19 e o caixão seria lacrado”, disse. O homem ainda contou que o corpo da mãe dele foi enterrado no sábado (9), no cemitério Jardim da Paz. "Ela foi enterrada sem o caixão lacrado e com muita gente no velório, todos de máscara”, contou.

Por fim, o homem ainda questionou se o hospital estaria seguindo recomendações do governo do Estado.

"O coronavírus está matando muita gente, temos que tomar cuidado. Só o que eu não entendo, eu escutava falar na televisão que hospitais queriam mudar o laudo. Quando a gente passa na família da gente, a gente vê que é verdade. Queriam mudar o laudo como se ela estivesse com Covid-19, sendo que morreu com câncer. Será que é ordem do governo do Estado?”.

Por meio de nota, o Hospital Beneficência Portuguesa informou que entrou em contato com o filho da paciente e esclareceu a situação. Confira na íntegra:

"O Hospital Beneficência Portuguesa por meio de nota oficial informa que ficou esclarecida como equivocada a situação envolvendo o filho de uma paciente que veio a público por meio do Facebook e WhatsApp acusar a instituição de manipular o atestado de óbito, com a causa morte Covid-19. Compartilhamos a retratação do sr. Rodrigo, encaminhado à diretoria da instituição na tarde de ontem”.

Em outro vídeo, o homem se retrata e pede desculpas. "Eu errei, quando a gente está alucinado porque perdeu uma mãe a gente recebe muita informação e não sabe quem falou. Realmente o hospital Beneficência Portuguesa agiu de maneira certa e eu errei sim, todo mundo erra. Eu conversei com a diretora e ela, em um gesto muito lindo, disse: ‘Eu te perdoo, você agiu na emoção e não na razão”. Para ver o vídeo clique aqui.

Ele também publicou o pedido de desculpas em sua página no Facebook.

Outros casos

Desde o início da pandemia do novo coronavírus, o Hospital de Base também tem sido alvo de ataques de fake news. A última delas, segundo a assessoria de imprensa, foi registrada há duas semanas. Uma moradora do bairro São Marcos, em Rio Preto, ligou na instituição informando que duas pessoas foram até a casa dela e pediram dinheiro usando o nome do HB.

A mulher foi orientada a comunicar o fato à Polícia Militar. O Hospital de Base também compartilhou um comunicado nas redes sociais alertando que não faz contato telefônico e nem pede dinheiro para medicamentos ou procedimentos.

Procuradas pela reportagem, as instituições Unimed e Austa não informaram sobre casos de fake news envolvendo os hospitais. 






Anunciar no Portal DLNews

Seu contato é muito importante para nós! Assim que recebemos seus dados cadastrais entraremos em contato o mais rápido possível!