Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência.



Foto por: Arquivo pessoal
Empresário Renato Marcos Ramos, vítima de coronavírus, recebe alta e curte a família em José Bonifácio

"Foi a maior emoção da minha vida”, diz paciente que recebeu alta e pegou o filho no colo pela 1ª vez

Por: Karol Granchi
14/04/2020 às 16:44
Saúde

Empresário Renato Marcos Ramos, que ficou 18 dias internado na UTI do hospital Austa, com coronavírus, recebeu alta e falou sobre a emoção de pegar o filho recém-nascido no colo


"(Pegar o filho no colo) Foi mais emocionante do que o dia em que eu acordei da sedação e vi o meu filho pela primeira vez por uma chamada de vídeo, que a enfermeira fez para a minha esposa”, contou o empresário Renato Marcos Ramos, 46, de José Bonifácio, vítima do novo coronavírus, que recebeu alta na tarde da última segunda-feira (13).

O paciente deu entrada no hospital Austa, em Rio Preto, no dia 26 de março e ficou 18 dias internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), com Covid-19. A esposa de Marcos, Elisabeth Feitosa, que também atestou positivo para a doença, ficou em isolamento domiciliar. Por sorte, o bebê e o filho de dois anos não foram infectados.

O pequeno Pedro nasceu no dia 1º de abril - data popularmente lembrada como o "Dia da Mentira”, mas que, na vida do casal, vai ser sempre lembrada como uma grande verdade – a de que a fé vence até mesmo as maiores dificuldades. "Eu tenho dois aniversários agora, o dia do meu nascimento, que é dia 28 de maio, e agora o nascimento do Pedro, dia 1º de abril, que é quando eu acordei da sedação e vi o meu garoto pela primeira vez”, contou.

O menininho já pode ficar no colo do pai, com alguns cuidados. "Sempre muito higienizado, depois de lavar bem as mãos e os braços, usar álcool gel e máscara, seguro ele um pouquinho”, explica o empresário. Quem também ganha os mimos do paizão guerreiro é o Vitor, de dois anos.

"Pensa em um moleque que ficou morrendo de saudades. Minha mulher chorava em casa e ele beijava o rosto dela: ’Mamãe, você tá dodói? Agora vai sarar. Um doce esse meu menino’”.

Na tarde desta terça-feira (14), enquanto falava com a reportagem do DLNews por telefone, Renato interrompeu a ligação para atender a equipe multidisciplinar do Austa. A exemplo do primeiro paciente com coronavírus a receber alta na unidade, ele continuará em monitoramento, apesar de não apresentar mais riscos.

 







Anunciar no Portal DLNews

Seu contato é muito importante para nós! Assim que recebemos seus dados cadastrais entraremos em contato o mais rápido possível!