Guedes atribui fala sobre domésticas na Disney a tom professoral, dizem empresários

Por: FOLHAPRESS - CATIA SEABRA
14/02/2020 às 13:00
Brasil e Mundo

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - Reunido com empresários, o ministro Paulo Guedes tentou justificar, nessa sexta-feira (14), o desastroso comentário sobre a viage...

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - Reunido com empresários, o ministro Paulo Guedes tentou justificar, nessa sexta-feira (14), o desastroso comentário sobre a viagem de domésticas à Disney quando o dólar se equivalia a R$ 1,80.
Instado a falar sobre o episódio, Guedes lembrou ser professor e alegou que recorrera a um tom professoral para ilustrar que, à época, era mais barato viajar ao exterior do que percorrer o Brasil, disseram à reportagem empresários que estavam no evento.
Na quarta-feira (12), durante palestra em Brasília, Guedes disse que, com o real valorizado, todo mundo ia à Disney.
"Não tem negócio de câmbio a R$ 1,80. Vamos importar menos, fazer substituição de importações, turismo. [Era] Todo mundo indo para a Disneylândia, empregada doméstica indo para a Disneylândia, uma festa danada. Espera aí, vai passear em Foz do Iguaçu, vai passear no Nordeste, está cheio de praia bonita, vai para Cachoeiro do Itapemirim conhecer onde Roberto Carlos nasceu. Vai passear, conhecer o Brasil", disse o ministro.
Ainda segundo participantes, Guedes fez previsões otimistas. Defendeu a privatização da Eletrobras sob o argumento de que a empresa não tem capacidade de investimentos a ponto de tornar-se competitiva.
Ao falar para cerca de 70 empresários da área de infraestrutura e mercado imobiliário, defendeu que outros estados abrissem o setor de gás, a exemplo do Rio.
Segundo participantes, ele disse que o petróleo será a redenção do Rio, prevendo uma recuperação do estado em cinco anos. 

Publicado em Fri, 14 Feb 2020 12:46:00 -0300






Anunciar no Portal DLNews

Seu contato é muito importante para nós! Assim que recebemos seus dados cadastrais entraremos em contato o mais rápido possível!