Foto por: Divulgação
Porções de maconha e dinheiro foram apreendidos com os suspeitos

Suspeito de tentar matar adolescente em "guerra do tráfico” é preso em Rio Preto

Por: Karol Granchi
06/12/2019 às 16:21
Polícia

Policiais do 9º Batalhão de Ações Especiais de Polícia (Baep) prenderam em flagrante, na tarde desta sexta-feira (6), o jovem Lucas Araújo de Souza Brasílio, 20, suspeito de tentar matar um adolescente de 17 anos em março deste ano, no Parque Cidadania, em Rio Preto.

Segundo informações do Baep, o Ministério Público havia pedido a prisão do suspeito, que foi aceita pela Justiça. Lucas foi abordado pelos policiais em um salão de cabeleireiro, no bairro Solo Sagrado, com R$100 em dinheiro. Na casa dele, no bairro Bom Sucesso, os policiais encontraram outro jovem, que estava com meio tijolo de maconha, 24 porções da droga embaladas, uma balança de precisão e R$680.

A dupla foi encaminhada para a Central de Flagrantes e deverá ser encaminhada para a carceragem da Delegacia de Investigações Gerais (DIG).

Guerra do tráfico

De acordo com o MP, Lucas seria um dos ocupantes do carro que estacionou na frente da casa de um adolescente de 17 anos que foi alvejado, na noite de 16 de março, no Parque Cidadania. A tentativa de homicídio aconteceu na avenida Américo Agreli.

Segundo o boletim de ocorrência, a vítima estava em frente de casa por volta das 23h17, quando um Fiat/Tempra de cor prata, com quatro homens, parou na rua. Um dos ocupantes desceu e efetuou os disparos. O motivo seria rivalidade entre facções criminosas. O adolescente chegou a ser socorrido e ficou internado na Santa Casa até receber alta.

A ação resultou em vingança. Segundo um boletim de ocorrência registrado no dia 10 de agosto, um jovem de 19 anos, com deficiência intelectual, foi baleado na cabeça, no bairro Nova Esperança.

Ainda segundo o documento policial, o jovem estava com um colega em frente de casa, quando dois suspeitos em uma moto passaram e efetuaram vários disparos com arma de fogo. Eles teriam atacado porque as vítimas seriam membros da facção criminosa rival.

Na ocasião, a mãe do rapaz disse aos policiais que, por ter deficiência intelectual, ele era usado por outras pessoas para comprar drogas. O amigo dele foi atingido com um tiro na nuca e outro embaixo da orelha. Ambos foram atingidos de raspão. 






Anunciar no Portal DLNews

Seu contato é muito importante para nós! Assim que recebemos seus dados cadastrais entraremos em contato o mais rápido possível!