Beto Braga

Empresário da área de tecnologia e inovação


Empreendedorismo messiânico

Por: Beto Braga
30/09/2019 às 09:49
Beto Braga

Faz algum tempo que venho pensando em escrever sobre a forma que alguns palestrantes e eventos têm tratado a questão do empreendedorismo. Acho que todos concordam que empreender não é para amadores. Ainda mais no Brasil onde o Estado mais atrapalha do que ajuda. O que acaba estimulando a informalidade.

O brasileiro é empreendedor por necessidade, não por convicção. Quando fica desempregado vai vender coxinha na rua para sustentar a casa. Acontece de aparecer algumas pessoas que, por seus méritos e com um pouco de sorte, alcançam sucesso financeiro e se tornam ícones e fontes de inspiração. Mas a regra geral é outra.

Tenho visto muita gente vendendo empreendedorismo (e lucrando alto com isso) como a garantia de um lugar ao sol. Tenho visto muitas pessoas que nunca construíram nada, que nunca tiveram uma empresa que produzisse alguma coisa e que tenham tido sucesso além de vender palestras e soluções mágicas.

O dito empreendedorismo de palco se tornou notável alguns anos atrás por conta de uma dessas pessoas que eram referência e que foi desmascarada, sendo obrigada a abrir mão de espaços que ocupava na mídia. É importante que se diga que, para quem não sabe como começar, um palestrante teórico já ajuda bastante. 

Mas entre um teórico e um empresário que quebrou, o segundo tem muito mais a oferecer que alguém que nunca construiu nada.

Não se pode ensinar as dificuldades de qualquer atividade quem nunca passou pelas dores de exercê-la. Pois os que nunca construíram nada, vendem a construção de um negócio, de uma empresa, como se bastasse seguir uma regra, uma receita, que tudo será um sucesso retumbante.

FALSO!

Criar uma empresa, construir um negócio do zero, é um trabalho hercúleo. Se você não tem recursos financeiros, não conhece do ramo, saiba que as dificuldades serão ainda maiores. Enfim! Não se deixe levar pelo canto das sereias dos pseudo-empreendedores que existem por aí.

Quando tomar a decisão de empreender, procure se informar o máximo possível pelo ramo que escolheu, converse com quem já construiu alguma coisa e até com quem não teve sucesso mas tentou. Fuja dos discursos messiânicos, quase religiosos, que vendem um lugar no céu.

Quando se empreende o céu só é alcançado passando pelo inferno.






Anunciar no Portal DLNews

Seu contato é muito importante para nós! Assim que recebemos seus dados cadastrais entraremos em contato o mais rápido possível!